terça-feira, 25 de outubro de 2011

o Medo e a Felicidade

   Feliz é quando a vida chega com suas coisinhas inusitadas e nos faz sentir donos de nós mesmos, nos faz compreender que somos responsáveis por nossas escolhas, nossas decisões, e reconhecer que tais escolhas,dependendo da forma honesta, ou não, que são feitas, acarretam consequências; consequências estas que nossos braços, fortes ou fracos, são obrigados a segurar.
   Apesar do medo de estar fazendo escolhas que nunca imaginei antes, a consciência de ter que ser forte o suficiente para aguentar os frutos delas me faz caminhar de cabeça erguida. Isso é bom, alguns chamam isso de auto-conhecimento, auto-controle, amadurecimento... seja como for, isso tem moldado meu modo de ver as coisas ao meu redor.
   No entanto, o fato de sermos julgados pelas pessoas que amamos pelas escolhas que fazemos, isso sim enfraquece, como se cada olhar de reprovação, cada palavra atravessada fossem sugando as forças, deixando-nos cada vez mais recuados a cada vez que simplesmente lembramos.

(termino... reunião dos chefes agora)

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Dura e Crua... Verdade


A matemática é simples:
-Quando amamos, temos um profundo carinho,admiração, respeito,cumplicidade e consideração pelo outro.
Quando amamos, amamos por esse amor nos confortar e proporcionar segurança, e é uma troca, ninguém ensina ninguém a amar.
Cuidado com quem te julga, te culpa por tudo, te desrespeita, te deprecia, isso não é amor, tem OUTRO nome: É Patologia, e não vale a pena interagir com forças opostas. O preço é bem alto.
Superar e reconstruir nossa auto estima é um trabalho delicado que as vezes exige uma vida inteira.
O amor não vê maldade, o amor enxerga a essência, o real, aquilo de mais lindo trazemos conosco, e ele só vem somar.
Jamais alguém que te ama permitiria que você ficasse mal.


# Retirado de uma comunidade do Facebook, num desses dias em que a gente não tem nada de mais importante pra fazer do que massagear os cotovelos e buscar algumas respostas baratas.



"O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser."
Mário Quintana

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Cotidiano iRreGulAr

 Quando eu fico feliz, quando eu fico triste, não consigo desviar nunca meu pensamento de ti... não é uma tentativa de encontrar uma justificativa pra nada, nem pra tentar te fazer entender e aceitar alguma coisa, meu jeito... não, é só pra te escrever como te sinto, e como nunca sabes...
   Tempos atrás decidi não mais escrever, não mandar mais cartas, me sentia não correspondida... e o que eu escrevia saía muito da alma pra ser apenas lido e não sentido nem demonstrado... mas hoje eu te senti tão mais forte... hoje, num momentno de tristesa meu, lembrei dos teus problemas, o quanto deves estar aflito, chateado... tantos sentimentos que eu nem imagino porque são só seus, porque não temos tempo pra conversar, porque temos muitas tarefas... Então resolvi te falar, mesmo que não tenhas tempo pra ler, mesmo que tenhas um mundo de coisas pra fazer: que eu te amo, eu te amo tanto... E eu quero que te sintas livre, tranquilo, sem mais problema com o meu nome, que te sintas feliz apesar de tudo. Eu quero te dar minha atenção, meu amor, meu ombro pra chorares se necessário, meu corpo pra te satisfazer... minha alegria de te ter para que também sorrias.
   Não existem problemas maiores uns dos outros, cada um sabe o quanto se sente oprimido por eles, e a sabedoria de se sair deles é o que nos faz grandes...    Mas, além dos meus problemas há um horizonte perfeito com o teu nome, minha calma, minha paz, uma beleza que sempre cativa meus melhores sonhos.
Não quero perder tempo com besteiras, quero suportar a tua ausência tranquila, apesar de tudo em mim estar numa turbulência só pela ância dos teus abraços, do teu cheiro, da tua voz, dos teus beijos... E mesmo que eu duvide, não sabendo se vou conseguir suportar as dificuldades e os ventos contrários, quero conseguir por ti, e por nossos planos, sem jamais te atrapalhar...

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Felicidade.

    Dia ensolarado rima com alegria e felicidade!!
    Nunca Jamais esquecerei ... como me senti feliz por nossas conversas no clube e antes de dormir naquele segundo domingo de outubro de dois mil e onze.
    Nem acharei palavras capazes o suficiente, de mostrar o quanto aquele momento foi importante.
    Provavelmente daqui a algum tempo me esquecerei da riqueza de todos aqueles detalhes escupidos nas tuas lindas palavras, mas não vou esquecer o tom da tua voz e a sinceridade que vi nos teus olhos... isso não tem preço, isso não se esquece.
    Estou muito feliz por poder viver todos esses quase cinco meses ao lado dele, que se registre!