sábado, 30 de maio de 2009


"Obrigada, Adonai, por cada estrela brilhante em minha vida, mas também por cada situação difícil que vivi, nas quais, muitas vezes pude distinguir estrelas verdadeiras que clareiam e encantam outros astros ao redor de simples meteoros que iludem-nos momentaneamente com sua luz que rapidamente se apaga... Decepcionar-se com um "amigo" nem é tão difícil, o que é trabalhoso de se pensar em dias como os de hoje é que existem pessoas boas, que não ficam perdendo tempo esperando você cair só para colocá-lo mais abaixo do menor lugar que se poderia estar, mas que com pequenos gestos nos fazem sentir especiais e não esperam por nos humilhar ou julgar, nos fazem sentir melhor e mais felizes... Por estes vale a pena continuar, ser o melhor que se pode, sorrir. Minhas estrelinhas: Obrigada!."

(Thaís Leal)

segunda-feira, 18 de maio de 2009




"Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento;
Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino.
Mais preciosa é do que os rubis, e tudo o que mais possas desejar não se pode comparar a ela.
Vida longa de dias está na sua mão direita; e na esquerda, riquezas e honra.
Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas de paz."

(Provérbios 3; 13-17)

Amo essa foto.
Fotografei na casa da vovó... perfeita...
É possível haver tristeza por detrás de tanta beleza? Nenhum coração humano responde negativamente.
Por isso ela me encanta.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Mãe.

Que palavra mais verdadeira para reprensentar Amor?
Mãe, minha mãe, sim; a melhor mãe do mundo, a mais verdadeira, a que mais se doa.

Obrigada por tudo o fizestes e ainda fazes por mim, mãe. Até mesmo os puxões de orelha me serviram; hoje posso ver que tudo era complemento à tua essencia de amor, ao cuidado que querias ter para me proteger de pessoas que não gostavam de mim de verdade, pessoas que iriam me magoar e me deixar... quem ama cuida, quem ama não desiste, e a maior prova de amor que me destes foi quando me mostrastes que quem ama respeita.

Não há mãe melhor que a minha, nem filho tão orgulhoso como eu por tê-la ao meu lado sempre.
Obrigada, mamãe.

(Thaís Leal)

sábado, 2 de maio de 2009

  • É bom quando paramos um pouco de correr e procuramos uma resposta tranquila e possível para acalmar o interior... o stressante é se ver incapaz de encontrá-la. Então a gente cansa de perder tempo e espaço e volta pra rotina.
  • Outra vez querer fazer tudo errado parece mais correto, mais justo, deixando então de ser errado, passando a ser a única opção.
  • A vida,... a vida vale a pena por quem sempre está do nosso lado, por quem não tem vergonha de segurar nossa mão e dizer que gosta, que aceita nosso coração quase sem vida para retocar as cores mais profundas e fazê-lo reviver com graça e vontade.
  • Apenas por eles vale a pena continuar!
  • Então você passa a acreditar que o errado é se anular, é não viver, não querer,ter medo de tentar... é não aceitar o interior da alma inquieto sem uma resposta por achar, e sempre buscar, buscar por si...
  • A vida está aí; experimenta!
(Thaís Leal)

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Tudo errado de novo, ou tudo certo agora?
..........................................................................................................................................................................

Realmente, mesmo que se pense em uma resposta sensata, nunca compreenderemos, nunca saberemos extamente o que acontece na mente do outro: quanto se pensou para chegar a exatidão exposta, quanto se gastou para tornar a imagem perfeita, quanto se mentiu para sustentar uma história tão irreal...
Nunca se saberá!
O que resta apenas, é a idéia do mundo que cada um criou, sem misturar suas idéias com as do outro para não acreditar nas mentiras do outro, cada um sabe do seu universo particular... mas até onde esse mundo foi verdade? Até onde cada gesto e palavra falaram com o coração, com honestidade... ?... Então frustrar-se parece mais óbvio e mais fácil; um atalho para a realidade próxima e mais violenta que aguarda sem pena para nos dar a rasteira mais desonesta e dolorosa de toda a vida até agora.
Então, acredita-se que as atuais atitudes das pessoas sempre foram as mesmas, só que agora pode-se entender coisas que antes não se via: máscaras não tem mais o mesmo efeito, mentiras não ferem tanto quanto antes, verdades nem doem mais... E todos os músculos do corpo se unem e sentem-se fortes para suportar as dores, o cansaço, tendo uma fé distante de que futuramente um descanso verdadeiro chegue e então não seja mais necessário lutar: Viver por si e para si, apenas; será possível!

(Thaís Leal)